0-A
B
C
D
E
F
G
H
I
J
K
L
M
N
O
P
Q
R
S
T
U
V
W
X
Y
Z

Home - P - Pedro Abrunhosa  Paroles - Lyrics

Pedro Abrunhosa - Beijo Paroles - Lyrics
Pedro Abrunhosa - Momento Paroles - Lyrics



Pedro Abrunhosa - Beijo
Não posso deixar que te leve
O castigo da ausência
Vou ficar a esperar
E vais ver-me lutar
Para que esse mar não nos vença

Não posso pensar que esta noite
Adormeço sozinho
Vou ficar a escrever
E talvez vá vencer
O teu longo caminho

Quero que saibas que sem ti
Não há lua
Nem as árvores crescem
Ou as mãos amanhecem
Entre as sombras da rua

Leva os meus braços
Esconde-te em mim
Que a dor do silêncio
Contigo eu venço
Num beijo assim

Leva os meus braços
Esconde-te em mim
Que a dor do silêncio
Contigo eu venço
Num beijo assim

Não posso deixar-te sentir-te
Na memória das mãos
Vou ficar a despir-te
E talvez ouça rir-te
Nas paredes, no chão

Não posso mentir que as lágrimas
São saudades do beijo
Vou ficar mais despido
Que um corpo vencido
Perdido em desejo

Quero que saibas que sem ti
Não há lua
Nem as árvores crescem
Ou as mãos amanhecem
Entre as sombras da rua

Leva os meus braços
Esconde-te em mim
Que a dor do silêncio
Contigo eu venço
Num beijo assim

Leva Os meus braços
Esconde-te em mim
Que a dor do silêncio
Contigo eu venço
Num beijo assim

Leva os meus braços
Esconde-te em mim
Que a dor do silêncio
Contigo eu venço
Num beijo assim



Pedro Abrunhosa - Momento
Uma espécie de céu,
Um pedaço de mar,
Uma mão que doeu,
Um dia devagar

Um Domingo perfeito,
Uma toalha no chão,
Um caminho cansado,
Um traço de avião

Uma sombra sozinha,
Uma luz inquieta,
Um desvio na rua,
Uma voz de poeta

Uma garrafa vazia,
Um cinzeiro apagado,
Um Hotel numa esquina,
Um sono acordado

Um secreto adeus,
Um café a fechar,
Um aviso na porta,
Um bilhete no ar

Uma praça aberta,
Uma rua perdida,
Uma noite encantada
Para o resto da vida.

Pedes-me o momento,
Agarras as palavras,
Escondes-te no tempo
Porque o tempo tem asas

Levas a cidade
Solta no cabelo,
Perdes-te comigo
Porque o mundo é um momento

Uma estrada infinita,
Um anúncio discreto,
Uma curva fechada,
Um poema deserto

Uma cidade distante,
Um vestido molhado,
Uma chuva divina,
Um desejo apertado

Uma noite esquecida,
Uma praia qualquer,
Um suspiro escondido
Numa pele de mulher

Um encontro em segredo,
Uma duna ancorada,
Dois corpos despidos,
Abraçados no nada

Uma estrela cadEnte,
Um olhar que se afasta,
Um choro escondido
Quando um beijo não basta

Um semáforo aberto,
Um adeus para sempre,
Uma ferida que dói,
Não por fora, por dentro

Pedes-me o momento,
Agarras as palavras,
Escondes-te no tempo
Porque o tempo tem asas

Levas a cidade
Solta no cabelo,
Perdes-te comigo
Porque o mundo é um momento


 
Texte soumis aux Droits d'Auteur - Réservé à un usage privé ou éducatif
0-A
B
C
D
E
F
G
H
I
J
K
L
M
N
O
P
Q
R
S
T
U
V
W
X
Y
Z
Copyright  2011   Ernstrade.com
- Contact Webmaster-
Music - Lyrics - Paroles -